terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Cuidando de Antúrios

Bom dia minhas amoras, amores e meu amorzão!! Hoje resolvi falar um pouco mais sobre flores no seu jardim. Na verdade vim falar de uma flor em especial, Antúrio (Anthurium sp.). Ao contrário do que imaginamos o Antúrio é uma flor muito pequena, na verdade minúscula que nascem em forma de inflorescência, a parte colorida e mais chamativa é conhecida como bráctea, uma folha diferente das demais cuja cor é mais colorida e chamativa. Essa particularidade nos chama atenção e encanta os olhos. São encontradas mais ou menos 900 espécies de antúrios na natureza, todas localizadas na América do Sul ou Central.



Antúrios, "coleção" na casa da minha sogra D. Piedade.


Vejamos como cuidar dessa planta tão simples, delicada e bela.

  • Luminosidade: o antúrio é uma planta muito sensível e por isso preferem locais mais frescos e com luz INDIRETA. Quando exposta ao sol, surgem manchas amareladas nas folhas que poderão murchar e até mesmo morrer, as flores também não resiste ao sol e morrem. Por outro lado se colocadas em local muito escuro podem não desenvolver tão bem dando menos flores. 
LEMBRE-SE: para melhor desenvolver essa planta precisa de muita luminosidade, para isso use luz difusa ou indireta. Coloque perto da janela, mas não permita que a incidência solar seja direta.
  • Temperatura: NÃO esqueça que os antúrios são plantas de clima tropical e não suportam temperaturas muito frias. EVITE que locais expostos ao vento e intempéries.
DICA: se seus antúrios foram plantados no jardim cubra-os com plástico em época de chuva, frio e ventos fortes. 
  • Regas: regar uma vez por semana e nos meses quentes de verão tente deixar o solo ligeiramente ÚMIDO sempre, pois essas plantas não suportam períodos grandes de seca. Para isso pulverize água nas horas mais quentes do dia. Na época de chuva coloque-as fora de casa pelo menos uma vez, a água da chuva é muito importante para as plantas, mas lembre-se de tirar a água que ficar depositada no pratinho debaixo do vaso para evitar que as raízes apodreçam e também evitar o mosquito da dengue.
IMPORTANTE: seus antúrios são sensíveis EVITE água CLORADA. Antes de regar sua planta ferva a água e espere esfriar. Use água mineral ou se tiver poço molhe sua plantinha sem medo já que poços artesianos não possuem cloro. A água da chuva é sempre bem vinda, não esqueça.
  • Adubação: muito importante. Essa planta precisa de adubação semanal, use o adubo líquido para borrifar. 
EXCELENTE ADUBO: esterco de gado. Pegue cerca de 1 kg de esterco de gado curtido e coloque de molho por 8 a 10 dias em 10 litros de água. Coloque em um borrifador e regue as plantas. Agite bem antes de usar.

USE TAMBÉM: para o crescimento vegetativo, use NPK 10:10:10 e para flores mais bonitas use NPK 04:14:08.
  • FLORES: se for bem cuidado o antúrio pode florir sempre para isso é muito importante seguir todos os passos citados aqui como as regas diárias em tempos quentes, adubação semana e uma dica importante RETIRE folhas e flores velhas, murchas ou amareladas isso dá força para a planta crescer forte e saudável.
  • Propagar e replantar: podem se propagar cortando um pedaço do caule junto. Assista ao vídeo com dicas de D. Iracy uma Srª. adoradora de antúrios. CLIQUE AQUI: http://www.youtube.com/watch?v=JcM0KhEomIw.
  • Solo: solo bem drenado. Assim encha o vaso com argila expandida ou pedriscos, cascalhos ou cacos de telha/tijolo até o meio aproximadamente, coloque uma mistura de terra, turfa e areia grossa em proporções iguais. Se as raízes começarem a sair do vaso cubra com um pouco de terra e turfa até enraizarem novamente. Quando mudar o vaso CORTE a pate inferior das raízes e replante. Seu antúrio irá agradecer o cuidado e dar flores lindas de presente para você.





Fontes: 
Planta Sonya e 
Plantas Interior.